DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sexta-feira, 22 de abril de 2011

DIGA NÃO À CORRUPÇÃO - AJUDE A CONSTRUIR UM BRASIL MELHOR !

MP LANÇA CAMPANHA - “O QUE VOCÊ TEM A VER COM A CORRUPÇÃO?”

Fonte :  MINISTERIO PUBLICO  : DENUNCIE AQUI  ! 


APRESENTAÇÃO:
A corrupção é um mal que afeta toda a sociedade, pois arruína a prestação dos serviços públicos e o desenvolvimento social e econômico dos países, corrói a dignidade dos cidadãos, deteriora o convívio social e compromete a vida das gerações atuais e futuras
A luta contra a corrupção exige uma mudança cultural e de comportamento de cada cidadão, porque uma sociedade só se modifica quando os indivíduos que a compõem se modificam. Isoladamente, pode parecer difícil, mas com o comprometimento e esforços de todos é possível detê-la.
Para enfrentar essa batalha uma das principais armas é a educação. Apenas com a formação de cidadãos conscientes, comprometidos com a ética, a moral, a cidadania e a honestidade, poderemos construir uma sociedade livre da corrupção.
Outro fator relevante nesta batalha é a adoção de medidas que contribuam para a diminuição da burocracia judicial e para a melhoria dos serviços da Justiça, com o fim de tornar mais eficaz a punição de corruptos e corruptores. Esta visão estimula a criação de soluções possíveis de serem executadas, como a atuação preventiva por meio da mobilização e conscientização social. É extremamente importante conscientizar a juventude sobre as consequências dos vícios e das condutas desonestas.
Partindo desta premissa e diante das dificuldades de se coibir práticas corruptas que estão arraigadas na sociedade brasileira, considerando que uma das soluções seria a atuação preventiva dos agentes sociais, deu-se início a uma campanha de mobilização e conscientização social.
A campanha  acredita na transformação pela educação e na conscientização das crianças e jovens como caminho para um Brasil mais justo e mais sério. É preciso, a partir de nossas próprias condutas diárias, dar o exemplo às novas gerações, mostrando a elas que ser ético vale a pena. Portanto, não podemos desanimar. Vamos juntos varrer a corrupção do nosso amado Brasil, pois um dos direitos mais importantes do cidadão é o de não ser vítima dela.
Vista esta camisa: DIGA NÃO À CORRUPÇÃO!
JUSTIFICATIVA:
A campanha se justifica pela necessidade de se educar a sociedade por meio do estímulo à ética, à moralidade e à honestidade, construindo um processo cultural de formação de consciência e de responsabilidade dos cidadãos a partir de três tipos de responsabilidades baseadas nas ideias de Hannah Arendt: 
1) a responsabilidade para com os próprios atos, ou responsabilidade individual; 
2) a responsabilidade para com os atos de terceiros, ou responsabilidade social ou coletiva e; 
3) a responsabilidade para com as gerações futuras a partir de um agir consciente. 
Dessa forma, pretende-se contribuir com a prevenção da ocorrência de novos atos de corrupção e com a consequente diminuição dos processos judiciais e extrajudiciais, por meio da educação das gerações futuras, estimulando, ainda, o encaminhamento de denúncias populares e a efetiva punição de corruptos e corruptores. 
Além disso, é dever institucional do Ministério Público combater a corrupção, repressiva e preventivamente, estimulando, inclusive, o desempenho das atribuições e das atividades extrajudiciais.
DIRETRIZES:
  • Trabalho conjunto através da realização de parcerias;
  • Articulação com órgãos e instituições, públicas e privadas;
  • Integração estadual e internacionalização;
  • Articulação das diversas ações, programas e projetos;
  • Permanente divulgação das ações e resultados;
  • Mobilização de membros e servidores;
  • Mobilização da sociedade civil;
  • Produção do conhecimento e de sua contribuição na construção da sociedade;
  • Formação ética e humanística do cidadão.

    OBJETIVOS DA CAMPANHA 
    GERAL:
    • Conscientizar a sociedade, especialmente crianças e adolescentes, a partir de um diferencial, que é o incentivo à honestidade e à transparência das atitudes do cidadão comum, destacando atos rotineiros que contribuem para a formação do caráter, com vistas à criação de uma cultura de valores e princípios éticos que contribuam para a construção de um país mais justo e melhor.
    ESPECÍFICOS:
    • Reduzir a impunidade nacional, ou seja, cobrar a efetiva punição dos corruptos e dos corruptores, abrindo um canal real para oferecimento e encaminhamento de denúncias;
    • Educar e estimular as gerações novas através da construção, em longo prazo, de um Brasil mais justo e mais sério, destacando o papel fundamental de nossas próprias condutas diárias;
    • Aproveitar momentos do cotidiano infanto-juvenil (família, escola e comunidade) para propiciar a vivência de atividades que os levem a conhecer esses princípios, estimulando-os a praticá-los no seu ambiente de convívio social;
    • Divulgar a idéia em locais e acontecimentos informais (sociais, esportivos, campanhas e eventos), possibilitando o alcance da campanha a um público maior.


      PARTICIPE !  


      Relatório da Campanha "O que você tem a ver com a corrupção?" é entregue ao MPRJ
      01.04.2011

      O Relatório Nacional da campanha “O que você tem a ver com a corrupção?” – ’010 foi entregue, nesta sexta-feira (01/04), pelo Coordenador Nacional da Campanha, Procurador de Justiça Sérgio Dário Machado (MP-ES), ao Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Lopes, Vice-Presidente do Conselho Nacional de Procuradores Gerais (CNPG) para a Região Sudeste, além de Coordenador de Comunicação do Conselho.  A reunião contou com a participação do Coordenador Estadual da Campanha no Rio de Janeiro, Promotor de Justiça Sávio Bittencourt, Titular da Coordenadoria de Integração e Articulação Institucional (CIAI), e a Coordenadora de Comunicação, Regina Lunière.
       
      Durante o encontro, foi proposta a realização de uma reunião nacional, em maio, em Brasília, para organizar o I Congresso Nacional sobre “O que você tem a ver com a corrupção?”. “Vamos discutir vários temas sobre a proposta de trabalho para ’011 e a realização do primeiro Congresso Nacional, que pretendemos que aconteça no segundo semestre deste ano”, destacou Dário. Outra boa notícia anunciada é que a Unimed Nacional deu sinal verde para a assinatura de Termo de Cooperação e Adesão ao projeto da campanha.
       
      Para o Procurador-Geral de Justiça do Rio, Cláudio Lopes, é importante destacar que esta campanha tem caráter permanente: “Queremos dar um incremento no ano de ’011 com ações que fortaleçam o projeto.”
       
      A campanha “O que você tem a ver com a corrupção?” é uma marca do Ministério Público Brasileiro, subordinada ao CNPG. A Coordenadora de Comunicação, Regina Lunière, lembrou que na reunião de Assessores de Imprensa, realizada em 17 de março, em São Paulo, foi proposta (e já aprovada em Sessão do CNPG) a integração de ações dos MPs estaduais sobre o tema por intermédio de redes sociais como o twitter, dentre outras propostas ligadas à comunicação programadas para a campanha deste ano.
       
      Rio de Janeiro
       
      Dando prosseguimento a ações da campanha no Estado do Rio de Janeiro, a Titular da Promotoria de Justiça da Região Oceânica de Niterói, Promotora de Justiça Érica da Rocha Figueiredo, no último dia ’8, ministrou palestra sobre “O que você tem a ver com a corrupção?” a alunos com idade entre 16 e 18 anos do 3º ano do ensino médio do Colégio Assunção, em Niterói.
       
      A participação do CNPG e da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) na campanha faz parte da estratégia de nacionalização da iniciativa.
       
      Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MPRJ

Nenhum comentário: