DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Presidência do CNJ divulga andamento de processos contra juízes

Presidência do CNJ divulga andamento de processos contra juízes

Já estão disponíveis no portal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) as informações sobre o andamento de processos administrativos contra magistrados, em tramitação nas corregedorias gerais dos tribunais de justiça dos estado. Segundo o ministro Cezar Peluso, presidente do CNJ e do Supremo ...
leia  aqui 
Noticia veiculada no Jornal Nacional
TV Globo - 11.11.2011

Sistema na internet permite ver informações de processos contra integrantes do Judiciário

obs; as 21:15 h de 11.11.21011 - apos a veiculação desta noticia pelo JORNAL NACIONAL da TV GLOBO, o servidor do CNJ esta dando erro de acesso - pode ser pela quantidade excessiva de acessos, pois as outras noticias, que estão no mesmo servidor , estão sendo acessadas normalmente

assine AQUI o MANIFESTO DE APOIO ao CNJ e à MINISTRA CORREGEDORA ELIANA CALMON
A HORA É AGORA !

Corregedores de Justiça debaterão novo modelo organizacional

11/11/2011 - 00h00


A corregedora Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, participará do 58º Encontro do Colégio de Corregedores-Gerais (Encoge) dos Tribunais de Justiça, a ser realizado, de 1º a 3 de dezembro, em Cuiabá/MT. 
O evento abordará a importância do compartilhamento de ideias e interoperacionalidade das ações das corregedorias com os vários tribunais aos quais estão atreladas e tem como objetivo, discutir propostas para a modernização e eficiência destas, de forma a ampliar e melhorar os serviços jurisdicionais oferecidos pelo Judiciário à população.
“A intenção é de construirmos um modelo novo para o século XXI que possa garantir a eficiência dos serviços jurisdicionais prestados à sociedade. 
Para tanto, teremos que pensar em uma nova estrutura de organização das corregedorias dentro do sistema judicial, adequada às exigências do mundo contemporâneo”, afirmou o corregedor-geral da Justiça de Mato Grosso, desembargador Márcio Vidal, anfitrião do 58º Encoge.
Diagnóstico - Para subsidiar a construção deste novo modelo, foi solicitado aos corregedores um diagnóstico da situação atual das instituições nos estados e no Distrito Federal. 
O questionário aborda várias indagações e, ao final, apresentará um perfil detalhado do trabalho desenvolvido, com informações importantes como o fato de as corregedorias dos tribunais possuírem ou não plano estratégico de trabalho, as formas de comunicação utilizadas e o nível de integração das ações destas corregedorias com as ações da presidência dos seus respectivos tribunais.
Estão sendo verificados, ainda, a relação que tais setores possuem com as ouvidorias, bem como o tempo de processamento de instauração de eventuais averiguações contra magistrados. A partir dessas informações previamente coletadas nas corregedorias, os participantes do Encoge serão divididos em cinco grupos temáticos que abordarão questões de continuidade administrativa, jurisdição social e política, eficiência nos serviços prestados à sociedade, valores institucionais e correições.
As propostas selecionadas por estes grupos nortearão documento que trará propostas de um novo modelo organizacional para estas corregedorias, a ser avaliado pelo colegiado do evento. 
Vanessa Borges
Agência CNJ de Notícias com Corregedoria-Geral de Justiça do MT

Nenhum comentário: