DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Senado realiza neste momento eleição do presidente para o biênio 2013-2014


Pedro Taques
há 7 minutos via FACEBOOK
Da tribuna do Senado | "Apresento-me para combater o bom combate. Quero ser Presidente da Casa da Federação. Quero que a sociedade brasileira observe que as coisas podem ser diferentes, que o passado não precisa necessariamente voltar, que há modos novos e melhores de fazer política, que esta Casa não é um apêndice, um “puxadinho” do Poder Executivo, mas que estamos aqui também pelo voto direto que nos deram o bom povo de nossos Estados". (AI)



Senado realiza neste momento eleição do presidente para o biênio 2013-2014

Foi iniciada às 10h20 a reunião destinada à eleição do novo presidente do Senado para o biênio 2013-2014. 
Foram apresentadas as candidaturas dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Pedro Taques (PDT-MT). 
A Mesa já recebeu as inscrições dos que vão fazer as defesas das candidaturas. Cada senador poderá se manifestar por até cinco minutos, com exceção dos candidatos, que falarão por 20 minutos.
A primeira a se manifestar é a senadora Lídice da Mata (PSB-BA).
A eleição está sendo comandada, no Plenário, pelo atual presidente, José Sarney. O nome do novo presidente será decidido por maioria simples de votos, com a presença da maioria absoluta dos senadores (41 dos 81 parlamentares).
Após reunião no fim da tarde desta quinta-feira (31), com a presença de Sarney, o PMDB anunciou que Renan Calheiros será o candidato da legenda para concorrer à Presidência. Ele já foi presidente do Senado, entre 2005 e 2007. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi indicado pela legenda como candidato à 2ª vice-presidência da Mesa do Senado. O novo líder do partido na Casa é o senador Eunício Oliveira (CE).
Além de concorrer pelo partido mais numeroso do Senado (20 cadeiras), Renan Calheiros conta com o apoio do Palácio do Planalto, de acordo com o noticiário dos últimos dias. O PT, partido da presidente Dilma Rousseff, é a segunda agremiação com mais vagas (12).
O candidato do PMDB terá como adversário o senador Pedro Taques, que está em seu primeiro mandato. Taques, cujo partido tem cinco cadeiras na Casa, conta com o apoio do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), o único representante da agremiação no Senado, que retirou sua candidatura em apoio ao colega. O parlamentar recebeu também o apoio do PSDB (11 cadeiras) e conversa com senadores de outros partidos, caso do DEM (4 cadeiras) e do PSB (4 cadeiras).
Com uma proposta de "restauração do Legislativo", Pedro Taques diz que sua candidatura não é de oposição, mas faz "parte do jogo democrático". Ele disse que seu principal objetivo é promover o "debate de ideias" no Senado.
O senador Renan Calheiros não se pronunciou sobre sua plataforma. De acordo com o presidente em exercício do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), Renan só vai falar nesta sexta como candidato oficial do partido.
FONTE : Agência Senado


Ficha Limpa no Senado: Renan não!


Fazemos um apelo aos Senhores Senadores para que escolham um presidente ficha-limpa, comprometido com o desenvolvimento social e que seja capaz de dirigir o Senado com independência e dignidade."  O Senador Renan Calheiros, que acaba de ser denunciado criminalmente ao STF pelo Procurador-Geral da República, é o favorito para ser o próximo presidente do Senado. Somente uma mobilização gigantesca pode impedir esta vergonha. leia a integra aqui 
ASSINATURAS NA PETIÇÃO SUBIRAM DE 280 MIL PARA MAIS DE 300 EM POUCAS HORAS ! 

  ASSINE AQUI A PETIÇÃO DA AAVAZ - FICHA LIMPA NO SENADO  JÁ 


"FICHA LIMPA NO SENADO ! PEDRO TAQUES disputa pres...": 

Felipe C. Lima 1 de fevereiro de 2013 04:09
A candidatura de nomes como Henrique Alves e Renan Calheiros para a sucessão da câmara e do senado federal é um escárnio para com toda a sociedade Brasileira que está cansada de ver tanta lama onde se deveria ver trabalho e boa representatividade de seus anseios.
2 milhões de pessoas assinaram a petição do FICHA LIMPA, essas pessoas merecem respeito, nos merecemos respeito!
Henrique Alves é acusado pela Controladoria Geral da Republica de favorecer seu assessor em contratos milionários, ainda tentou fazer lobby no TCU para favorecer o seu sócio na filiada da Rede Globo no Rio grande do Norte em um contrato de concessão da BR-101, entre Espírito Santo e a Bahia, uma auditoria feita pela CGU indica um rombo de R$ 192 milhões no Dnocs, que tinha como diretor seu amigo e afilhado político, segundo a polícia federal a construtora Gautama pagou propina para assessores de Henrique Alves e Renan Calheiros em troca de um contrato de R$ 77 milhões. Além disso, a Conab órgão controlado politicamente por peemedebistas, emprega sua ex-mulher no cargo de assessora de diretoria ganhando salário de R$ 10,1 mil, Henrique Alves ainda é RÉU em uma ação de improbidade administrativa e violação aos princípios administrativos, Nº do processo 0014007-94.2002.8.20.0001 na 3ª Vara da Fazenda Pública, a Procuradoria Geral da República (PGR) recebeu denuncia vinda da superintendência da Policia Federal do Rio Grande do Norte (SRPF-RN) por irregularidades em nomeações no Tribunal Regional Eleitoral do RN em troca de favores, uma das nomeações que consta foi a da mulher do ex-assessor parlamenta e chefe de gabinete que foi favorecido em contratos.
FORA HENRIQUE ALVES!
via FACEBOOK 

VEJA MAIS







Um comentário:

VITIMASFALSOSCONDOMINIOS DEFESA DIREITOS disse...

"Vou além: toda a agenda legislativa tem de ser
democratizada. Comprometo-me a construir mecanismo
pelo qual os cidadãos possam formular diretamente
requerimentos de urgência para votação de matérias, nas
mesmas condições que a Constituição exige para a
iniciativa popular de projetos de lei.
Farei ainda com que o Senado invista no desenvolvimento
de mecanismos seguros de petição digital, para facilitar a
mobilização dos cidadãos em torno das iniciativas
populares já previstas na nossa Carta Magna" Senador Pedro Taques
Apoiadissimo !!!!!!
http://vitimasfalsoscondominios.blogspot.com.br/2013/02/senado-realiza-neste-momento-eleicao-do.html