DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

domingo, 22 de abril de 2012

OREMOS JUNTOS PELA PAZ E PELA JUSTIÇA

DIA 22 de ABRIL de 2012 
ANIVERSARIO do DESCOBRIMENTO DO BRASIL 
 
descobrimento do brasil
22 de abril de 1500
DESCOBRIMENTO DO BRASIL
OREMOS JUNTOS PELA PAZ E PELA JUSTIÇA NO BRASIL
ASSISTA A MISSA NA BASILICA DE NOSSA SENHORA APARECIDA
PADROEIRA DO BRASIL

Dia 21 de abril de 2012 ( 18 horas )- equivale à missa de DOMINGO 22.04.2012

HOMILIAS DO PADRE ROBSON DE OLIVEIRA
REITOR DA BASILICA DOS FILHOS DO DIVINO PAI ETERNO
DIA DA FESTA DA DIVINA MISERICORDIA - 15 de abril de 2012


HOMILIA DO PADRE ROBSON DE OLIVEIRA em SANTOS
CONCLAMANDO OS CRISTÃOS A TESTEMUNHAREM A CORAGEM E A FÉ EM DEUS EM JESUS CRISTO NOSSO SENHOR

NOVENA A NOSSA SENHORA DO PERPETUO SOCORRO
ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS DO DIVINO PAI ETERNO
COM PADRE ROBSON DE OLIVEIRA
PARTICIPE TODOS OS DIAS NA REDE VIDA DE TELEVISÃO
JESUS É O CAMINHO DA VERDADE E DA VIDA
OREMOS À MISERICORDIA DIVINA

LITURGIA DA PALAVRA - dia 22 de ABRIL de 2012

LITURGIA DA PALAVRA 22 ABRIL 2012
LEITURAS QUE SERÃO PROFERIDAS NO MUNDO TODO NAS CELEBRAÇÕES DAS SANTAS MISSAS NO PRÓXIMO DIA 22/04/2012
FONTE: www.arquidiocesedesaopaulo.org.br

3º DOMINGO DA PÁSCOA

ANIMADOR:
Neste encontro dominical e pascal com Jesus, como os discípulos de Emaús, acolhamos o Ressuscitado , que caminha conosco para nos fortalecer e abrir-nos o coração à inteligência das Escrituras. Que o terceiro Companheiro que nos revela os mistérios das Escrituras e nos faz perceber que tudo converge para Jesus, não nos deixe afastar do caminho da Palavra e da mesa eucarística. Assim permaneceremos unidos na Igreja e fiéis ao Espírito que nbos conduz na missão.

LITURGIA DA PALAVRA

ANIMADOR:
Como os discípulos de Emaús, ouçamos as leituras que mostram que Cristo é o centro da Escrituras e o ápice da Revelação.


PRIMEIRA LEITURA (At 3,13-15.17-19)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, Pedro se dirigiu ao povo, dizendo:
13 “O Deus de Abraão, Isaac, de Jacó, o Deus de nossos
antepassados glorificou o seu servo Jesus. Vós o entregastes
e o rejeitastes diante de Pilatos, que estava decidido
a soltá-lo.
14 Vós rejeitastes o Santo e o Justo, e pedistes a libertação
para um assassino.
14 Vós matastes o autor da vida, mas Deus o ressuscitou dos
mortos, e disso nós somos testemunhas.
17 E agora, meus irmãos, eyu sei naque vós agistes por ignorância,
assim como vossos chefes.
18 Deus, porém, cumpriu desse modo o q eu havia anunciado pela
boca de todos os profetas: que o seu Cristo haveria de sofrer.
19 Arrependei-vos, portanto, e convertei-vos, para que
vossos pecados sejam perdoados”.
Palavras do Senhor
T- Graças a Deus

SALMO RESPONSORIAL (Sl 4)

SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O EXPLENCDOR DE VOSSA FACE, Ó DEUS DO UNIVERSO!

1 Quando eu chamo, respondei-me, ó meu Deus, minha justiça!
Vós que soubestes aliviar-me nos momentos de aflição,
atendei-me por piedade e escutai a minha oração!

2 Compreendei que nosso Deus faz maravilhas por seu servo e
que o Senhor me ouvirá, quando lhe faço minha prece

3 Muitos há que se perguntam: “Quem nos dá felicidade?”
Sobre nós fazei brilhar o esplendor de vossa face!

4 Eu tranqüilo vou deitar-me e na paz logo adormeço, pois só
vós, ó Senhor Deus, dais segurança à minha vida!

SEGUNDA LEITURA (1Jo 2,1-5)

Leitura da Primeira Carta de São João.

1 Meus filhinhos, escrevo isto para que não pequeis. No entanto,
se alguém pecar, temos junto do Pai um Defensor:
Jesus Cristo, o justo.
2 Ele é a vítima de expiação pelos nossos pecados, e não só pelos
nossos pecados, e não só pelos nossos, mas também pelos
pecados do mundo inteiro.
3 Para saber que o conhecemos, vejamos se guardamos pos seus
mandamentos.
4 Quem diz: “Eu conheço a Deus”, mas não guarda os seus
mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele.
5 Naquele, porém , que guarda a sua palavra, o amor de Deus é
plenamente realizado.
-Palavras do Senhor
T- Graças a Deus

EVANGELHO (Lc 24,35-48)

P- O Senhor esteja convosco
T- Ele está no meio de nós

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
T. Glória a vós, Senhor.
.
Naquele tempo, (35) os dois discípulos contaram o que tinha
acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao
partir do pão.
36 Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no
meio deles e lhes disse: “A paz esteja convosco!”
37 Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que
estavam vendo um fantasma.
38 Mas Jesus disse: “Porque estais preocupados, e por que
tendes dúvidas No coração?
39 Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em
mim e cede! Um fantasma não tem carne nem ossos, como
estais vendo que eu tenho.
40 E dizendo isso, Jesus mostrou-lhes as mãos e os pés.
41 Mas eles ainda não podiam acreditar, porque estavam muito
alegres e surpresos. Então Jesus disse: “Tendes aqui alguma
coisa para comer?”
42 Deram-lhe um pedaço de peixe assado.
43 Ele o tomou e comeu diante deles.
44 Depois disse-lhes:São estas as coisas que vos falei quando
ainda estava convosco: era preciso que se cumprisse tudo
o que está escrito sobre mim na lei de |Moisés, nos Profetas
e nos Salmos”.
45 Então Jesus abriu a inteligência dos discípulos para entenderem
as Escrituras, (46)e lhes: “Assim está escrito: ‘O Cristo sofrerá
e ressuscitará dos mortos no terceiro dia (47)e no seu nome,
serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados a todas
as nações começando por Jerusalém’.
48 Vós sereis testemunhas de tudo isso”.
– Palavras da Salvação
T. Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIOS DO EVANGELHO

O Evangelho de hoje é riquíssimo em sua mensagem. Vamos juntos ressaltar alguns momentos para a nossa reflexão: Primeiro, vamos analisar o comportamento dos discípulos que se dirigiam para Emaús.

Estavam arrasados, cabisbaixos e sem rumo. Evidentemente tinham bons motivos para se sentirem assim. Voltavam para as suas terras, derrotados. Suas vidas já não tinham mais sentido. Não havia mais motivo para lutar.

O Mestre, em quem tanto acreditavam, o Messias que viria para aniquilar o inimigo, estava morto. Parecia que ninguém estava se importando com eles. Todos os sonhos e castelos se desmoronaram. Caminhavam conversando sobre isso, quando Jesus lhes aparece e anda com eles os quilômetros restantes. Caminharam vários quilômetros, lado a lado com Jesus, e não o reconheceram.

Quantas vezes nos comportamos da mesma maneira. Parece que nada mais tem jeito e que tudo se acabou. Andamos quilômetros e quilômetros, dias e dias cabisbaixos, sem rumo e totalmente descrentes, sem perceber que Jesus caminha conosco. O Mestre está ao nosso lado pronto, até mesmo, para carregar-nos no colo, e não pedimos ajuda, pois não o reconhecemos.

No entanto, ao repartir o pão, os discípulos reconheceram Jesus. Através da Partilha Jesus se manifesta e mostra sua presença. Só podemos reconhecer Jesus e sentir sua presença na partilha, na distribuição do pão e dos dons.

Para se fazer conhecer, Jesus pede algo para comer. Se alguém duvida, ai está a grande prova de sua presença. Jesus se manifesta no pedinte. Ao repartir com o faminto e maltrapilho, ao dividir com o marginalizado, com o doente e com o excluído, fatalmente nos deparamos com Jesus.

Finalizando, Jesus se coloca no meio de seus discípulos e lhes deseja a paz. Essa saudação de Jesus não é mera formalidade. A Paz de Jesus é alegria da alma, é paz interior. Paz é vida em plenitude, é comunhão, respeito, liberdade e cidadania.

Essa é a Paz de Jesus. Custe o que custar, essa é a paz que devemos buscar. Entretanto, é preciso estar preparado, pois na luta pela paz vamos encontrar milhares de obstáculos. As grandes potências, a indústria da guerra, os interesses econômicos e políticos não respeitam a vida e matam em nome da paz.

Por tudo isso, não é fácil a tarefa de quem luta pela paz. Talvez encontre a própria morte. No entanto, testemunhar e buscar a paz é missão do cristão. Alegre-se, portanto, com esta boa notícia: a morte não é o fim! É o começo da verdadeira vida! Por isso, não tenha receio em lutar por justiça, pois a Glória Eterna é o verdadeiro e único fim para quem caminha com Jesus.

jorge.lorente@miliciadaimaculada.org.br – 22/abril/2012

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO - JORGE LORENTE

Nenhum comentário: