DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

ONDE FALTA O ESTADO, O CRIME PROSPERA > "Sai da minha aba sai pra lá!"

ONDE FALTA O ESTADO, O CRIME PROSPERA
Enquanto as milicias são caçadas, novas formas de milicias estão sendo instaladas sob a denominação de "condomínio"
Julio Cesar Camerini

Grave denúncia aos poderes publicos : 

Enquanto as milicias são caçadas, novas formas de milicias estão sendo instaladas sob a denominação de "condomínio"

e: rwy10 editora e multimídia [mailto:rwy10@ve.com]
Enviada em: domingo, 25 de novembro de 2012 12:49
Para: 
Sen. Eduardo Suplicy
Assunto: Grave denúncia
Excelentíssimo Senhor
Senador  Eduardo Suplicy
Senado Federal- Brasília
Tomo a liberdade de enviar este e-mail a vossa excelência,motivado pela admiração que tenho pelo senhor e pelo trabalho que o senhor faz.
Enquanto as milicias são caçadas, novas formas de milicias estão sendo instaladas, desta vez em caráter "semi-oficial", com a denominação de " Condomínios", onde apesar das imensas irregularidades, conseguem seu CNPJ e assim movem ações de cobrança, chegando por vezes até a penhorar e leiloar a casa daqueles que consideram inadimplentes para com eles.
Mas não para por ai, fecham ruas e desrespeitam o mais sagrado capítulo da constituição federal, o Artigo V, do " Direito de ir e vir".
Sei de seu trabalho e de seus pronunciamentos sobre este assunto, bem como, de seu oficio enviado ao Prefeito da Cidade de Cotia em São Paulo.
Sou uma das vitimas destes " falsos condomínios" em Cotia, inclusive sendo cobrado injustamente junto á terceira vara judicial desta comarca, apesar de contestar a ilegalidade desta cobrança....... leia a integra da denuncia e a resposta do Senador Suplicy clicando aqui

morador do Rio de Janeiro, extorquido em mais de 100 mil reais lamenta-se :
Gostaria de ter no RIO de JANEIRO um SENADOR como EDUARDO SUPLICY ...
--------- Mensagem encaminhada ----------
De: Ezio  
Data: 4 de janeiro de 2013 12:14
Assunto: Fwd: Agradecimentos ao Senador Suplicy por seu apoio em nossa luta contra a ILEGALIDADE
Para: cartas@oglobo.com.br, cartas@jb.com.br, cartas@odia.com.br, 

Gostaria de ter no RIO de JANEIRO um SENADOR como EDUARDO SUPLICY mas infelizmente não tenho,

gostaria de ter um MINISTÉRIO PÚBLICO mais
atuante  condenando "JUIZES CARIMBADORES DE SENTENÇAS" , 

gostaria que tivesse no RIO respeito aos "Princípios CONSTITUCIONAIS e ao STF , se houvesse a SÚMULA 79 estaria banida do nosso JUDICIÁRIO e as INJUSTIÇAS cometidas, reparadas , 
entretanto faltam Suplicys e Barbosas em nosso JUDICIÁRIO , em nosso CONGRESSO, mas a  luta   deve
continuar , outros homens de bem aparecerão, tenho fé, em todos os DEUSES ...

Ezio  
---------------------------------------------------------------------
O termo Associação está se tornando sinônimo de "Milícia"


AL CAPONE - famoso gangster de CHICAGO também VENDIA "SEGURANÇA"
Date: Fri, 4 Jan 2013 01:57:52 -0800
From: moacirmaluta@yahoo.com.br
Subject: Falsos Condomínios
To: SECSUPLICY@senado.gov.br

Senador Suplicy bom dia!
Endosso a acusação do Sr. Julio Cesar Camerini. As Associações estão se infestando de tal ordem e está se perdendo o controle. 

A ignorância é tamanha que os funcionários das Associações sentem-se "autoridades".

Sou Morador de Bertioga-SP, Loteamento Morada da Praia no Bairro de Boracéia.
Penso, que o termo Associaçao está se tornando sinônimo de "Milícia "Legal", o que nem sempre é verdade. Existem Associaçoes com fins sérios e cumpridoras das Leis.

Pelo exposto, sugiro Senador, com todo respeito, que as Associações sejam incluídas na Lei da Probidade Administrativa e na Lei da Transparência. 

As Associações são beneficiadas por isenção de uma série de encargos e tributos, portanto, nada mais justo que prestem contas à sociedade. Seria uma forma de separarmos o joio do trigo.

Pense, prezado Senador em minha sugestão.
Muito obrigado! 
Moacir Maluta

.... no Brasil sec XXI, ASSOCIAÇÕES IDENTIFICAM PAGANTES PARA CONSTRANGER QUEM NÃO QUER SE ASSOCIAR e OFENDEM A DIGNIDADE E A HONRA DAS VITIMAS DE SUAS COBRANÇAS ILEGAIS 
MORADORES DA BARRA ANTIGA DENUNCIAM ABUSOS DA AMABA
CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO


O cartaz oferece-se à leitura de maneira quase irrecusável.  “Quase ninguém podia  evitar o  cartaz  colorido nas ruas [...]. Do  cartaz ‘escapam só os cegos’, dizia-se no jargão nazista. Com o cartaz os nazistas começaram sua guerra de propaganda pela conquista das ruas” 

"estamos voltando a uma época tenebrosa na história da humanidade, onde um povo tinha que levar em seu peito o símbolo que os distinguia "

DISCRIMINAÇÃO E INTIMIDAÇÃO EM SP 
MURO PIXADO EM FALSO CONDOMINIO DA ESTANCIA TURISTICA DE TREMEMBÉ
REVIVE NO BRASIL UMA PRATICA COMUM DA ALEMANHA NAZISTA
E FAZ PARTE  DA "POLITICA" DE INTIMIDAÇÃO DAS MILICIAS DOS FALSOS CONDOMINIOS 
INSUBMISSÃO AO PODER ESTATAL 
Em SÃO PAULO,  apos INTIMAÇÃO mandando ABRIR AS RUAS PUBLICAS, este falso e ilegal condomínio, ainda quer dar uma de "coitadinho" injustiçado, e ,depois de TAPAR com plastico preto a ORDEM MUNICIPAL,( crime ) ainda  fixou ao lado um cartaz que diz : Atenção Moradores, vejam a que ponto chegaram os nossos desonestos e inadimplentes vizinhos. Estamos todos sem segurança. Tomem cuidado !   

"Sai da minha aba sai pra lá!" 
VEJAM A INSUBMISSÃO ÀS LEIS QUE REGEM O BRASIL , A AFRONTA DIRETA À CONSTITUIÇÃO , A DISCRIMINAÇÃO, A OFENSA   GRATUITA AOS CIDADÃOS E O ATAQUE FRONTAL  AOS MINISTROS DO STJ E STF  DOS DEFENSORES DOS FALSOS CONDOMINIOS



NO RIO DE JANEIRO, adepto do regime de FORÇA , e das cobranças ILEGAIS ataca frontalmente a Ordem Juridica e os poderes da Republica, afirmando que IMORAL os MINISTROS DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA aplicarem a sumula 168 para dar provimento aos recursos das vitimas dos falsos condominios INJUSTAMENTE condenadas a financiar MILICIAS :
A questão da sumula 168 quanto aos devedores de associações de moradores pode ser ilegal, porém é imoral. O cidadão aproveita dos seus vizinhos contribuintes para limpeza, segurança e outras necessidades da comunidade para usufruir de graça de todos os benefícios. Passeia com o bichinho de estimação, corre na vizinhança, promove festas, tem o imóvel valorizado. Coitadinho é uma vítima quando cobrado a contribuir por todo conforto, benefício, segurança e recreação que recebe gratuitamente da contribuição de terceiros. Sai da minha aba sai pra lá! Querer mudar o coitadinho não quer, vida boa amparada pela legalidade da justiça. Afinal o coitadinho é cidadão os demais contribuintes da associação são marginais segundo a justiça. comentario de um tal de EUCLIDES em STJ FAZ JUSTIÇA ,APLICA SUMULA 168 E ANULA CONDENAÇÕES BASEADAS NA SUMULA 79 DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: rwy10 editora e multimídia 
Data: 4 de janeiro de 2013 16:27
Assunto: RE: Falsos Condomínios
Para: 

Boa tarde,


Agradeço bastante a intervenção dos amigos aqui e as palavras, são palavras que mostram que não estamos sozinhos nesta luta.

Algumas Associações tem conseguido sucesso em primeira instância de nosso judiciário por alguns motivos simples de entender, certos magistrados ainda não perceberam a indução ao erro a que são submetidos,afinal nossos cartórios deveriam ter uma fiscalização mais rigorosa, e acabam contribuindo para a " legalização" documental do ilícito  afinal, já é de conhecimento, que o papel tudo aceita, e os cartórios apenas registram.

De posse de convenções condominiais forjadas, certos juízes não analisam se estes condomínios realmente são de fato, buscando a legislação local, os alvarás e demais autorizações municipais,cabendo o ônus da prova ao réu que nesta hora, pena  sem ajuda do poder executivo de seu município, que sabedor das ilicitudes, cala-se até que provocado o é.
Em segundo lugar, habilidosos e corruptos advogados, buscam a brecha que a legislação lhes permite,impondo uma nova redação a elas, como se legisladores fossem, e alegam o enriquecimento ilícito daqueles que não compactuam com estas" milicias" travestidas de Associações, e por outro lado, advogados de defesa, desorientados, não debatem como deveriam  este assunto á exaustão, aplicando a célere lógica, que se bairro é, condomínio não pode ser, afinal Ruas, Avenidas, praças e demais, nunca deixaram de ser patrimônios inalienáveis das prefeituras, sendo que, partindo deste pressuposto, enriquece ilicitamente não só o não contribuinte destas associações, mas também, as prefeituras, que arrecadam através do IPTU obrigatoriamente pago, para nada fazer, já que delegada é essa função àqueles que fecham determinadas áreas públicas e alcunham-se de bolsões residenciais, e parte mais além, transformando-os ilegalmente em "Condomínios".
Cria-se dentro do Estado brasileiro de direito, verdeiros feudos, discriminatórios e alheios á carta magna que nos rege, onde não há distinção entre brasileiros de raças, cor, ideologias politicas ou religião,chegando inclusive ao ponto de delegar poderes de policia a estas entidades sabidamente ilegais para que selecionem quem deve ao seu convívio pertencer, tudo em uma área notadamente pública e de todos.
Ciente somos da máxima: " Onde falta o Estado o crime prospera", e esta lacuna é facilmente preenchida, pois a venda que cobre o simbolo da justiça, muda de rosto, e passa a ser utilizada pelas administrações municipais, até que alguém a retire.

Vejam, aqui onde resido, claro está toda a ilicitude,onde existe um " Condomínio" não autorizado pela prefeitura, e uma associação que não cumpre com seu estabelecido em objeto social, e talvez para que novas indagações surjam, aqui dou minha conclusão, apreciando sob a luz do direito tributário, Associações imunes a tributos fazem o papel de limpar o arrecadado pelo " condomínio",e adiante teremos uma maneira eficaz de tão somente arrecadar sem nada perder,e como " condomínio , utilizar a máxima pressão que a legislação os permite,ou seja, penhorar a casa dos devedores, pois, já como associação, tal finalização não seria possível.

Como aqui mencionado anteriormente, agora usufruem do direito de dizer quem entra e quem sai de um espaço público, o que a meu ver resume-se em total discriminação, proibida e passiva de duras penas previstas em nosso código penal, colocando-se assim, acima de todos que deveriam ser iguais perante a mesma legislação.

Administradoras, carentes do que administrar, tornaram-se orientadoras do lucro fácil,e ai coloco entre aspas " verdadeiras coniventes do lucro fácil" que a outros, conhecedores de seus direitos e não coniventes da ilicitude, passam a ganhar esta "Penosa distinção", através de hábeis advogados, muitas vezes sem moral , ou, ética, abraçam a causa, sendo que sob este olhar, também passam na vida real, a enriquecer ilicitamente, concedendo outros este título, que somente a estas milicias cabe.

Ora senhores, não sou contra associações sérias e comprometidas com aquilo que pretendem realizar, e não poderia ser ao contrário, afinal minha história marca o maior orgulho que pude ter, fui membro da diretoria do Sindicato Nacional dos Aeronautas, em uma época dura e perversa, onde ideais  não passavam de armas apontadas diariamente contra nós por uma classe que hoje vejo não ter totalmente desaparecida, e explico, afinal, para que minha família tenha o mais sagrado dos direitos constitucionais cumpridos, o de Ir e Vir, dependo que o mesmo, repousando por determinação arbitrária de uma diretoria, desperte das mãos de um funcionário do Bolsão  Petit Village", conquistando ainda o direito de poder levar para sua casa , as chaves de um vergonhoso portão, cuja abertura interna fecha uma rua pública,e onde informações sobre a sua realidade são omitidas, e prezam pelo falso direito de se acharem " Condomínio", mesmo que de fachada, ou de papel somente, abusando assim de sua autoridade, que de maneira contumaz, não só fazem questão de exercer, como também mostrar,seja através da intimidação, ou, pelas determinações totalmente sem sentido democrático.
Hoje ainda pude ler nos jornais, que o ator Gerard De Pardieu, inconformado com o aumento de impostos que deveriam ser recolhidos por aqueles com renda superior a 1 milhão de euros, buscou proteção, abrindo mão de sua nacionalidade na União Soviética, onde Putin o recebeu de braços abertos,alegando que entendia o sofrimento do ator, afinal,artistas se magoam com facilidade, então minha esposa sabiamente fez o seguinte comentário: " Aqui nossa associação é artística  logo devem estar magoados com nossa atitude !", e vou mais além, não só se magoaram, como também, a Associação deixou seu caráter jurídico, para ser pessoa física e assim, atuar de maneira vingativa aos que ela se contrapõe. 
Nesta historia de abuso de autoridade, delito no fechamento de ruas públicas e violação dos direitos constitucionais entre outras coisas, as figuras sociais mudam de lugar, quem quer ficar ao par da lei respeitando o direito da cidadania, passa ser enxergado como "ameaça pública", este é o lugar onde somos colocados por todos aqueles que em nome de uma falsa segurança e muitos por apenas manter um status inexistente isto porque viver e manter um ato delitivo não dá status, na minha opinião dá cadeia. 
Colocam pessoas de bem que adquirem suas casas acreditando estar fazendo um bom negocio para o futuro da família em um todo mudando as figuras da sociedade de lugar como se fosse um jogo de xadrez, onde ganha o mais esperto.
A reflexão disso tudo é que: Contrariando a natureza, aqui é o rabo que abana o cachorro!
A inversão dos papéis, notável como se pode constatar e gritante, embora rouca por vezes, ainda não alcançou por completo certos setores de nosso judiciário, pois o foco empregado nas defesas, talvez não explique de forma satisfatória as condutas tomadas por estas " associações e Condomínios de papel", e algumas sentenças proferidas, apenas solidificam o ilícito colocando em risco muito mais que apenas o aqui abordado, e sim toda uma estrutura democrática, conseguida a duras penas e perdas, reprisando desta maneira uma página que todos desejam virar de nossa história de medo e garantias jogadas ao abismo, o mesmo abismo que agora é utilizado de maneira vil e intimidadora, buscando estes senhores feudais, a conquista de uma jurisprudência que apenas os colocará mais  iguais que os iguais perante a qualquer Lei deste país.
Cabe então a cada um de nós, cujo inconformismo é latente, que não desistam nunca de verem seus direitos resguardados, e busquem sempre nossas autoridades e esclareçam a elas o que é escondido nas penumbras recheadas da falsidade e da malevolência, de alguns, poucos que são, diante da esmagadora maioria que tem o bem e a verdade como a mais sublime bandeira que suas vidas norteia.
Houve uma época tenebrosa na história da humanidade, onde um povo tinha que levar em seu peito o símbolo que os distinguia de outro,e pasmem, se nada for feito, não irá demorar para que nossos lares recebam um simbolo de igual teor, alertando que aquela residência se diferencia das demais por não querer contribuir com a ilicitude, e ai, uma vez mais, veremos que o Direito de Associar-se bem descrito em nossa Constituição Federal, deixando de ser espontâneo e impositivo será.
Agradeço bastante a atenção dos senhores, e nossa maior gratitude pela força e esperança que cada um a nós transmite neste momento onde a cada dia tentamos diminuir o grau de humilhação a que somos submetidos, submetidos pelo simples fato de não compactuar com o errado.


Julio Cesar Camerini
Jornalista- Mtb 67895-sp

Mirta Herrera Camerini
Terapeuta e escritora
_______________________________________________

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: mrll 
Data: 4 de janeiro de 2013 16:44
Assunto: Re: Falsos Condomínios
Para: rwy10@live.com
Cc: 

Boa Tarde!

O discurso contido na "resposta" de Julio Camerini e Mirta Camerini é o mesmo que foi feito pelas "vítimas" e por outras entidades que surgiram após a instituição de cobranças nos falsos condomínios.

O MRLL, ao contrário, sempre entendeu que o principal motivo ou causa da aberração "falsos condomínios" é a politica. 

Politica viciada que mantém um sistema injusto, o mesmo sistema que nos discursos semelhantes deste casal, dizem combater. 

E estes discursos até agora não resolveram a questão básica dos falsos condomínios. Apenas livraram alguns e algumas das cobranças.

MRLL 

__________________________________________

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: rwy10 editora e multimídia 
Data: 4 de janeiro de 2013 17:28
Assunto: RE: Falsos Condomínios
Para: Movimento Renoir Livre

Boa tarde,
Desculpe contesta-lo, mas não fico no discurso, vou á ação, tanto que consegui mostrar as irregularidades daqui do Petit Village com documentos oficiais que aqui anexo.
A politica é mantida pelo próprio povo, mediante suas escolhas,e cabe a cada um de nós, inconformados com tudo isso, gritar e porque não até discursar, mesmo que alguns não entendam.
Estes senhores feudais são unidos, e nós ainda não, lutamos separadamente, e por vezes nossas conquistas servem de orientação a outros.
Um dos pontos que mais ataco é a obtenção de CNPjs baseados em irregularidades, e para tanto já protocolei junto ao MF a denúncia para a cassação destas fraudes.
Outro movimento muito importante é o do Voto Consciente Cotia, que assim como  o Movimento Nacional de Defesa das Vitimas dos falsos condomínios, que orienta quem se sente atingido por estas milicias.
Os senhores falam em escapar de " pagamentos", e esclareço que não é esta a questão, um valor justo por algo cuja reciprocidade existisse e dentro da legalidade,sempre de maneira espontânea e  não imperiosa, sob a forma de intimidação, não motivaria qualquer movimento em contrário, mas só para se ter uma ideia, aqui no Petitt Village pagamos R$ 500,00 por mês para este vídeo que o senhores poderão ver.
E a questão principal não é o pagamento, mas ao pagar compactua-se com o ilícito, tornando-se conivente com tudo que se vê errado e injusto.
É uma pena que sua ótica seja diferente do que pensávamos e pedimos desculpas por ter enviado este e-mail aos senhores, sendo que desde já estamos nos comprometendo a retirar seu e-mail de nossos contatos, já que não fazemos politica, e sim lutamos pela verdade com ações concretas e com inestimáveis apoios dos que aqui estão recebendo também esta resposta.
Boa sorte em sua luta.

Obs: nossa luta chama-se CIDADANIA e não política. E se a politica é viciada , cabe a cada um sua parcela de culpa por assim permitir e compactuar, lembrando sempre que a união no mesmo ideal pode mudar tudo isso.
Julio Cesar Camerini

Nenhum comentário: