DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sábado, 26 de janeiro de 2013

Justiça Federal bloqueia bens de ex-prefeito envolvido em corrupção

"terceirização irregular de postos de saúde causa danos aos cofres públicos e à população em Duque de Caxias - RJ"
Enviado em 31/08/2011
ACESSE: http://www.pedrotaquesmt.com.br/participe/acoes-em-destaque/corrupcao-crime-h...


"A corrupção mata e rouba o futuro de uma geração" 
Senador Pedro Taques 


Você sabia, que segundo a Fiesp, o Brasil perde por ano R$ 69 bilhões por conta da corrupção?

E que com esse dinheiro seria possível manter 34,5 milhões de estudantes nas escolas por um ano ou construir casas para 2,9 milhões de famílias ou ainda manter 327.012 novos leitos em hospitais públicos?

Se você também acha que a corrupção é nojenta junte-se a nós! Para fazer o PLS 204/2011 do senador @PedroTaques123 (que enquadra a prática de corrupção passiva e corrupção ativa como crimes hediondos) virar lei precisamos da sua ajuda! 

Como? 

Compartilhe o vídeo, converse sobre o assunto com seus amigos, no ponto de ônibus, nas filas de hospitais, na mesa do boteco ou nos encontros da igreja. 

Fomente o debate, estimule a intolerância à corrupção, cobre dos demais senadores a aprovação do projeto. 

@PedroTaques123
WWW.pedrotaquesmt.com.br 
Facebook/PedroTaques


Justiça Federal bloqueia bens de ex-prefeito de Duque de Caxias

23 de janeiro de 2013 


RIO DE JANEIRO - A Justiça Federal determinou o bloqueio dos bens do ex-prefeito de Duque de Caxias José Camilo Zito (PP) e de outras 24 pessoas envolvidos, segundo o Ministério Público, num esquema de corrupção que desviou mais de R$ 700 milhões do sistema de saúde da cidade. 
Segundo a procuradoria, a fraude ocorreu com a transferência da gestão de unidades de saúde da cidade para ONGs. De acordo com a denúncia, três entidades participaram do esquema.
Os contratos com as ONGs "foram superfaturados, sem qualquer mecanismo de controle e fiscalização dos serviços prestados e dos recursos pagos, além de não terem sido realizadas processos seletivos regulares", afirma o Ministério Público Federal. 
"Em um dos esquemas de corrupção, a OSCIP Associação Marca recebia mensalmente mais de R$ 9 milhões para administrar seis postos de saúde. O valor é o dobro do que a administração municipal desembolsava para cobrir os gastos das mesmas unidades", diz a procuradoria.
A Justiça também proibiu a prefeitura, atualmente sob administração de Alexandre Cardoso (PSB), de realizar novas terceirizações na saúde. A decisão dá prazo de dois meses para que a administração municipal retome a gestão das unidades de saúde na cidade.
O ex-prefeito não foi localizado para comentar a decisão.
Autor: Folhapress

Extraído de: Hoje em Dia  - 24 de Janeiro de 2013


Senador Pedro TAQUES - A CORRUPÇÃO É CRIME HEDIONDO !

Enviado em 09/09/2011 CORRUPÇÃO = CRIME HEDIONDO
De autoria do senador Pedro Taques, o Projeto de Lei do Senado 204/2011 insere o inciso VIII no art. 1º da Lei nº 8.072/90 (Lei dos crimes hediondos) para estabelecer como crimes hediondos a concussão, a corrupção passiva e a corrupção ativa.
 Veja mais em: http://www.pedrotaquesmt.com.br/

Nenhum comentário: