Loading...

terça-feira, 15 de maio de 2012

Ouvi-me, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao SENHOR.

A reforma da pessoa humana 


“Ouvi-me, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao SENHOR. Olhai para a rocha de onde fostes cortados, e para a caverna do poço de onde fostes cavados. Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei.

"Porque o SENHOR consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden, e a sua solidão como o jardim do SENHOR; gozo e alegria se achará nela, ação de graças, e voz de melodia. Atendei-me, povo meu e nação minha, inclinai os ouvidos para mim; porque de mim sairá a lei, e o meu juízo farei repousar para a luz dos povos. Perto está a minha justiça, vem saindo a minha salvação, e os meus braços julgarão os povos; as ilhas me aguardarão, e no meu braço esperarão..
.
(Isaías 51, 1-ss).

Olhamos o Coração de Jesus para que possamos imitá-Lo. É preciso olhar o Coração de Cristo para ver o modelo que precisamos seguir. Não podemos parar nos modelos humanos, nosso modelo deve ser Cristo. 

A dinâmica do Coração de Jesus é para entrarmos no processo de restauração. Meu pai era pedreiro e dizia sempre que era mais fácil construir do que reformar. Descobrimos que a nossa casa precisa de reforma para ser casa, habitação de Deus. E precisamos admitir que a casa que nós somos precisa de melhoria, senão, impedimos a manifestação grandiosa de Deus em nossa vida. 

Educar um filho é construir uma casa, por meio dele Deus pode se manifestar. 
"Não tenha medo de ser quem você é. Deus amou gente pior que você", afirma padre Fábio de Melo
Foto: Maria Andreia / CN

A maneira que interpretamos Deus é a maneira que interpretamos a nós mesmos e aos nossos irmãos. Não somos qualquer rocha, somos pedra preciosa, trazemos em nós nobrezas, somos filhos de Deus. Alguns são pedras mais lapidadas e outros são menos, por isso devemos viver com dignidade. 

Não se ache melhor que os demais porque está mais lapidado, saiba que o irmão que está menos lapidado que você vem da mesma rocha. Cuidado com o orgulho espiritual! 

Viver nos passos de Jesus é a certeza da felicidade, porque, quando estamos com o Cristo, Ele nos dá disposição para sermos reformados. 

Deus trabalha na nossa verdade, por isso já começamos a ganhar virtudes quando assumimos nossos defeitos. Não minta para você mesmo! Deus age na verdade. Como podemos reformar uma parede trincada se o dono não a enxerga? Da mesma forma, Deus também não pode agir se não assumimos que estamos "trincados". 

Não há espaço para a vaidade espiritual para quem está em constante restauração, para quem identifica as "trincas" existentes em seu coração. 



A nossa religião precisa fazer com que sejamos melhores. Não podemos dar a quem está ao nosso lado o pior, necessitamos cuidar das nossas "trincas". Existem pessoas que precisam de reforma urgente. 

Precisamos estar atentos ao que temos permitindo entrar na sua vida. Tive a graça de ter pessoas na minha vida, há muito tempo, que viram as minhas "trincas". É feliz quem tem quem as [trincas] veja e lhe indica a reforma. A restauração é uma necessidade na nossa vida. Então oração e ação! Não tenha medo de rezar por suas verdades. Não tenha medo de assumir as suas misérias! 

Todas as pessoas que foram transformadas por Jesus reconheceram-se miseráveis. Não minta para si mesmo nem para os outros, você pode enganá-los, mas não a si mesmo. Não tenha medo de ser quem você é. Deus amou gente pior que você. 

--------------------------------------------------------------

Padre Fábio de Melo 
Padre que evangeliza como cantor, compositor, escritor e apresentador do programa "Direção espiritual" na TV Canção Nova.
FONTE : CANÇÃO NOVA 

Tags: cancaonova sagrado coraçãodejesus vida promessas padrefabio de melo
Tags:
Comentários sobre a pregação

 



Adquira essa pregação pelo telefone (12) 3186-2600 

Nenhum comentário: