DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

sábado, 19 de novembro de 2011

O ADVERSARIO INVISIVEL

extraido de Pontos e Encontros - Irmão X - Chico Xavier - capitulo 36
À frente do Senhor os discipulos narravam, desalentados, os fracassos do dia :
Pedro : fui surpreendido por uma cena cruel : um capataz desalmado chicoteava, em furia , as costas de tres pobres mulheres, diante de seus filhinhos, que choravam desesperados ... ia intervir em defesa delas, MAS , tive receio das consequencias ...
Tiago : uma jovem mulher, com um filho pequeno nos braços, quase desmaiando, me pediu socorro, ... ia ajudar
MAS , vi ao longe um grupo de pessoas ... que diriam de mim, se me vissem em companhia de tal criatura ?
Bartolomeu : estava vindo para cá, e não me faltou desejo de trabalhar pelo bem do proximo, todavia, o que querem ??? eu vi conhecido ladrão , ferido no peito a sangrar muito.. tive vontade de ajudá-lo, mas fiquei com medo das autoridades .. se me pegassem , o que seria de mim ?
Filipe : comigo foi diferente, estava chegando na cidade e mais de 30 pessoas me pediram conselhos sobre o caminho da perfeição , eram simples e confiantes e queriam ser instruidas sobre as BOAS NOVAS do EVANGELHO ... queria transmitir-lhes TUDO o que eu já sabia , MAS, pensei um pouco e tive receio, achei mais prudente evitar as criticas alheias... a IRONIA é um chicote mordaz .. por isto calei-me e aqui estou .
Jesus calou-se .
Pedro perguntou : Mestre , o que dizes ? desejamos efetivamente praticar o bem , mas como agir dentro das normas de amor que nos traças, se nos achamos, em toda a parte do mundo, rodeados de inimigos ?
Jesus respondeu :
Pedro , todos os fracassos deste dia são resultado da ação de UM UNICO ADVERSARIO, que muitos acalentam . ESSE ADVERSARIO INVISIVEL É O MEDO ! Tivestes medo da opinião dos outros, Tiago teve medo da reprovação alheia, Bartolomeu teve medo da perseguição e Filipe teve medo da critica ...
Aflito, o pescador perguntou :
- Senhor, como nos livraremos deste inimigo invisivel ?
O Mestre sorriu compassivo e respondeu :
- QUANDO O TEMPO E A DOR DIFUNDIREM , ENTRE OS HOMENS, A LEGITIMA COMPREENSÃO DA VIDA E O VERDADEIRO AMOR AO PROXIMO, NINGUEM MAIS TEMERÁ !
E afastou-se, SOZINHO , na direção do mar .

Nenhum comentário: