DEFENDA SEUS DIREITOS

Loading...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Caixa recebe mais de 700 pedidos sobre saque de FTGS pelas vitimas da tragedia

9/01/2011 - 18h00

Em Nova Friburgo (RJ), Caixa recebe mais de 700 pedidos sobre FTGS

PUBLICIDADE
DA AGÊNCIA BRASIL
Mais de 700 trabalhadores procuraram o posto instalado pela Caixa Econômica Federal na Praça Getulio Vargas, no prédio da Secretaria Municipal de Cultura, em Nova Friburgo, na região serrana do Rio, para buscar informações e dar entrada com pedidos de liberação do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Ainda neste quarta-feira, um posto móvel da Caixa também deve funcionar no município.
Na semana passada, a serra fluminense foi castigada por fortes chuvas e avalanches de terra que mataram mais de 700 pessoas e destruíram casas, pontes, ruas e avenidas. Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis são os municípios com o maior número de vítimas.
"O atendimento [no posto da Caixa na Praça Getulio Vargas] está muito tranquilo. A procura deve se intensificar nos próximos dias, mas não será problema, porque a gente vai estar com a nossa estrutura montada para atender de forma mais adequada", disse o superintendente nacional da Caixa, Elício Lima.
O atendimento para saque do FGTS também já começou em Teresópolis, segundo Lima. A liberação dos recursos, no valor máximo de R$ 5,4 mil, ocorre em até cinco dias úteis.
A Caixa está trabalhando também com as linhas de crédito para capital de giro e investimento, em condições diferenciadas para os municípios atingidos pelas enchentes na região serrana. Não há limite para empréstimo, assinalou o superintendente nacional da Caixa.
A instituição está trabalhando com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para que a linha especial de crédito do Programa Emergencial de Recuperação seja estendido à região. Nesse programa, o limite de empréstimo previsto é de R$ 50 mil por empresa. Os juros incluem a TR (Taxa de Referência) mais 0,83% ao mês.
O BNDES informou, por meio de sua assessoria, que ainda não decidiu se estenderá o Programa Emergencial de Recuperação às empresas da região serrana.
Em relação às pessoas que tinham algum tipo de seguro, seja habitacional, de automóvel ou de vida, o superintendente nacional da Caixa afirmou que elas devem procurar as agências ou postos da instituição nos municípios da região serrana para dar entrada na comunicação do sinistro.
Lima esclareceu que o seguro habitacional da Caixa cobre todos os eventos, inclusive danos físicos de qualquer natureza. "Quem possui imóvel financiado pela Caixa tem garantida a indenização pelo valor do seu imóvel. Eles têm a cobertura do seguro habitacional. Podem procurar uma agência da Caixa e fazer a comunicação do sinistro." Os interessados terão de comprovar a perda do imóvel. O prazo previsto para liberação dos recursos é de até 30 dias.

Nenhum comentário: